segunda-feira, abril 21, 2008

o azul profundo


Quando eu morrer voltarei para buscar
Os instantes que não vivi junto do mar

Sophia de Mello Breyner Andresen

Enviar um comentário